reencontros – Show It | CRauZ

 

De repente a vida como estava não fazia mais sentido, e eu percebi que estar numa civilização, vivendo como todo mundo, eu vivia apenas metade do que queria viver.

Então me desfiz de tudo o que me pesava e me prendia ao chão, chamei Samanta, minha golden retriever, e saimos pelo Brasil, sem hora pra voltar, vivendo uma vida nômade, em busca de conquistas e reencontros.

Reencontrar a si mesmo, reencontrar essências perdidas no meio do caos urbano e social, e sobretudo reencontrar pessoas de minha linhagem, que me reconectam aos meus propósitos, me tirando do lugar comum.

Formamos uma grande rede de energia e luz, espalhados pelo país e pelo mundo.

São milhares de quilómetros, ao Sul, Centro-Oeste e Nordeste do país, em quase 4 anos de viagem pelo Brasil com nômade digital.

 

Último texto:

redes sociais

Youtube

Assista a nossa jornada no Youtube. youtube.com/reencontros Clique aqui!

Tanta coisa pra dizer,
mas não sei pra quem.
Eu nem sei tocar violão,
pra compor uma canção
que te faça bem.

O que eu sei fazer
é olhar pra frente 
E seguir meu rumo.
Eu não abro caminhos.
Eu só sigo o destino 
e mergulho fundo.

A sensação de estar perdido
some em um segundo.
Não tem como me perder,
se todo lugar é lar,
se meu quintal é o mundo.
(C)

#shotoniphone #muralmm #vidabucolica #nomadismo #musica #poesiaacustica
Reencontros é meu perfil pra publicar fotos de minha vida nômade, viajando o Brasil com minha cachorra e agora junto do melhor reencontro de minha vida.

Mas de repente, eu não estava mais viajando, não parecia mais nômade, não buscava mais solos férteis e conflitava problemas dos quais sempre fugi. 

Posses, usufrutos, leis limítrofes, imunidade baixa. Ainda tem alguém aqui? Alguém ainda me reconhece?

Será que ainda existem reencontros para acontecer? 

Deixe seu recado motivacional...
#olhaissoeptv #picapau #birdphotography
Mesmo quando tudo acaba, anjos dizem para você continuar a ter esperanças. Enquanto demônios gritam para desistir e seguir em frente.

E de repente, não se sabe mais quem são os verdadeiros anjos ou os demônios.

Tempo de silenciar a alma e observar.
Instagram post 17960579065857988
Um dia de cada vez... Agradecendo as parcerias de vida, de negócios, de alma.

Obrigado, @aline.sulzbach, Meu melhor reencontro. Não sei se eu conseguiria sem vc.
O Instagram continuará mudando (para pior) até ser boicotado.

#instagramagain
"Tão jovem para ser as palavras de sua própria canção.
Eu sei que a raiva em você é forte, então escreva um mundo onde possamos pertencer um ao outro, e cante isso como nunca cantou."
(Love is bigger than anything in this way - U2)
Instagram post 17953179877981353

Links de referências para anfitriões:

Temporada 01
Abril 2018

A primeira temporada foi no sul de Minas e norte de SP, passando pela maravilhosa Paraty, no RJ. Uma viagem teste, para eu reencontrar a mim mesmo. Uma descoberta incrível no meio do nada, em plena Serra do Papagaio, em comunidades religiosas e xamânicas.

Assista aqui a primeira temporada, a viagem teste que deu origem a tudo isso.

reencontro - s01

Reencontros s01

Uma viagem em busca do eu perdido

A viagem teste realizada em 2018, por quase 20 dias.

Temporada 02
Abril a Novembro – 2019

Na segunda temporada, eu mergulhei de vez nessa jornada, vendi absolutamente tudo o que eu tinha, mantendo apenas o necessário. Sem residência fixa, fomos para o Sul do país, buscando reencontrar momentos mais significativos, e pessoas com quem eu tenho um contrato cármico. Foram mais de 9 mil quilômetros por vários lugares, conhecendo e reencontrando pessoas incríveis.

reencontros - s02

Reencontros s02

Uma viagem em busca do eu perdido

O segundo mergulho realizado em 2019, por 6 meses.
Veja album de fotos aqui

Temporada 03
Fevereiro a Dezembro – 2020

A terceira temporada foi uma busca mais difícil. Depois de reencontrar minha alma e meus parceiros de jornada, a busca então era o reencontro de minha posição social. Tampar os buracos que ficaram pra trás, profissionalmente e financeiramente.

O grande desafio de encarar novamente os vilões sociais, foi demolido e transformado pela chegada da Pandemia do Coronavirus! Os desafios se transformaram e deram início a uma temporada cheia de descobertas mais íntimas.

reencontro - s03

Reencontros s03

Pandemia – Um olhar para dentro

A última temporada durante o ano de 2020.

Temporada 04
Janeiro 2021 – seguindo

Após um período de confinamento por causa da Pandemia do Coronavirus, sai novamente, dessa vez, sem muitos planos ou objetivos, já que a temporada 3 me ensinou que os planos não servem pra nada além de nos dar uma falsa ilusão de segurança.

A quarta temporada será mais focada em textos. Menos fotos e videos (assista a terceira temporada para entender o por que). Porém, creio que será muito mais rica em conteúdo e experiências.

reencontros - s04

Reencontros s04

Temporada final

2021 – Um final perfeito e surpreendente.

Estão colaborando ou apoiando esta viagem:

 Você também pode ajudar, doando qualquer valor através do botão abaixo ou nos patrocinando com algum serviço ou produto que precisamos constantemente. Entre em contato e saiba mais.

Diário de Bordo

17 de dezembro de 2021

s04 – Semana 47 – Abençoado

Eu nunca acreditei na Lei do Retorno, aquele lance de que ‘aqui se faz aqui se paga’. Por que durante tanto tempo eu fui tão correto […]
10 de dezembro de 2021

S04 – Semana 46 – Pedras e borboletas

De Foz do Iguaçu para Dois irmãos, passando por parentes e pontos incríveis, as dúvidas e medos se instalam em terra firme.
26 de novembro de 2021

S04 – Semana 44 – Como vai você?

Passagem de Santa Rita a Foz do Iguaçu.
2 de novembro de 2021

s04 – Semana 41 – Casa, comida e merda

Eu estava tomando banho e vi uma traça-de-lã na parede. Aqueles bichinhos nojentos, achatadinhos que comem roupas. Ela estava pra fora de sua casinha, tentando descer […]
26 de outubro de 2021

s04 – Semana 39 e 40 – Abelhinha

Em Santa Rita, nem há muito o que escrever. Mas esse texto é especial pois é um texto de agradecimento e muito amor.
10 de outubro de 2021

s04 – Semana 37 e 38

Depois de quase 4500km rodados em 3 meses, entramos em Minas, pelo parque do Caparaó, e migramos para a região história de Ouro Preto, São João del Rei e Tiradentes, pra finalizar a etapa de volta a Santa Rita do Passa Quatro.

Entrar

Perdeu sua senha?