reencontros – Show It | CRauZ

eu e minha golden retriever viajando o brasil

 

De repente a vida como estava não fazia mais sentido, e eu percebi que estar numa civilização, vivendo como todo mundo, eu vivia apenas metade do que queria viver.

Então me desfiz de tudo o que me pesava e me prendia ao chão, chamei Samanta, minha golden retriever, e saimos pelo Brasil, sem hora pra voltar, vivendo uma vida nômade, em busca de conquistas e reencontros.

Reencontrar a si mesmo, reencontrar essências perdidas no meio do caos urbano e social, e sobretudo reencontrar pessoas de minha linhagem, que me reconectam aos meus propósitos, me tirando do lugar comum.

Formamos uma grande rede de energia e luz, espalhados pelo país e pelo mundo.

Até agora foram mais de 15 mil quilómetros, em quase 3 anos de viagem pelo Brasil com nômade digital.

 

Último texto:

redes sociais

Youtube

Assista a nossa jornada no Youtube. youtube.com/reencontros Clique aqui!

Saudade de usar essa roupinha, né Sam?!? Já já Saudade de usar essa roupinha, né Sam?!? Já já usará!

#samantagolden
Esfriou por aqui, e Sam vira filhotona. #samantag Esfriou por aqui, e Sam vira filhotona.

#samantagolden
"Então, é mais fácil pra você sair pois tem o "Então, é mais fácil pra você sair pois tem o respaudo de seu pai. Eu tenho medo. Se algo dá errado, eu não tenho com quem contar"...

Eu lhe digo porém, que no Universo tudo é do jeitinho que tem que ser. E se eu tenho esse respaudo, que me permite ir na frente, e se você está aqui, conversando comigo, pense que meu respaudo serve para que eu vá lhe abrindo caminhos e lhe dando garantias: Vá! Se jogue! Nada tem pra dar errado e se algo parecer dar errado, respira e espera que em seguida você irá entender o por que daquilo acontecer. Eu aprendi isso e lhe conto. Não houve respaudo. Houve aceitação.

Antes eu me ofendia com essa acusação de 'méritocracia' sobre mim. Hoje, conhecendo minha história e minha criação, eu entendo meu papel, o papel de meus pais, e repasso com amor todo o conhecimento e experiência, transmitindo isso que você chama de 'respaudo' a todos vocês que desejam trilhar caminhos mais saudáveis.

Hoje sei que está tudo bem assim. Tenho orgulho e reconheço meu merecimento por tudo o que conquisto. E honro com amor todos os méritos que me foram concedidos.
Morro do Itatiaia - Santa Rita do Passa Quatro # Morro do Itatiaia - Santa Rita do Passa Quatro 

#santaritadopassaquatro #nomadedigital #mochileiros
Me preocupo com pessoas que não se adaptam. Que s Me preocupo com pessoas que não se adaptam. Que sempre culpam o outro, o contexto ou o local que vivem pelos seus fracassos. Pessoas incapazes se quer de se mudar para um lugar que julgam melhor. O que não te serve, você deve transpor. Jamais terceirize suas frustrações.

(post aleatório - Qualquer semelhança com pessoas e fatos atuais, é mera coincidência ou dica do destino)
Me encontro em suas costas nuas e me perco em seu Me encontro em suas costas nuas e me perco em seu corpo mais ao sul.
Sigo viagem contornando suas curvas entre vales e colinas, enquanto observo sua alma em breves momentos que transpassa as sobras dessa minha jornada solitária.

Se vire pra mim, me alimente com néctar, ilumine minha essência com o seu olhar silencioso, e me permita subir de volta aos picos, montanhas e cumes, mergulhar em seus mares, me molhar. Se vire de novo e me dê sua nuca, então me perco novamente em seu silêncio.

Me reencontro em suas costas nuas…

#praia #indiretas #poesia #urubici #erotismo #provocações #br101 #santacatarina #riograndedosul #serrasgauchas #nomadismo #romantismo
Além de histórias, fotos e lembranças, eu também coleciono tampinhas de cervejas que tomo por onde passo. 
Quando volto na casa de minha mãe, onde guardo algumas coisas de minha vida antiga, eu as despejo em duas canecas de vidro que ficam por aqui. 
As vezes gosto de revê-las e tentar lembrar dos momentos e pessoas que cada uma traz em suas cores. 

#worldpackers #mochileiros #nomades
Eu sempre sonho que uma coisa gera. Nada nunca est Eu sempre sonho que uma coisa gera.
Nada nunca está morto.
O que não parece vivo, aduba.
O que parece estático, espera.
(Adélia Prado)

#poesia #flores #ventos #resiliencia #autoajuda
"Há um tempo para partir. Mesmo quando não há u "Há um tempo para partir.
Mesmo quando não há um lugar certo para ir"
(Tennessee Williams)

.
.
.
#nomadismo #nomadland #nomadedigital #samantagolden #viajarcompets #worldpackers #worldpackerspets

Links de referências para anfitriões:

Temporada 01
Abril 2018

A primeira temporada foi no sul de Minas e norte de SP, passando pela maravilhosa Paraty, no RJ. Uma viagem teste, para eu reencontrar a mim mesmo. Uma descoberta incrível no meio do nada, em plena Serra do Papagaio, em comunidades religiosas e xamânicas.

Assista aqui a primeira temporada, a viagem teste que deu origem a tudo isso.

reencontro - s01

Reencontros s01

Uma viagem em busca do eu perdido

A viagem teste realizada em 2018, por quase 20 dias.

Temporada 02
Abril a Novembro – 2019

Na segunda temporada, eu mergulhei de vez nessa jornada, vendi absolutamente tudo o que eu tinha, mantendo apenas o necessário. Sem residência fixa, fomos para o Sul do país, buscando reencontrar momentos mais significativos, e pessoas com quem eu tenho um contrato cármico. Foram mais de 9 mil quilômetros por vários lugares, conhecendo e reencontrando pessoas incríveis.

reencontros - s02

Reencontros s02

Uma viagem em busca do eu perdido

O segundo mergulho realizado em 2019, por 6 meses.
Veja album de fotos aqui

Temporada 03
Fevereiro a Dezembro – 2020

A terceira temporada foi uma busca mais difícil. Depois de reencontrar minha alma e meus parceiros de jornada, a busca então era o reencontro de minha posição social. Tampar os buracos que ficaram pra trás, profissionalmente e financeiramente.

O grande desafio de encarar novamente os vilões sociais, foi demolido e transformado pela chegada da Pandemia do Coronavirus! Os desafios se transformaram e deram início a uma temporada cheia de descobertas mais íntimas.

reencontro - s03

Reencontros s03

Uma viagem em busca do eu perdido

A última temporada durante o ano de 2020.

Temporada 04
Janeiro 2021 – seguindo

Após um período de confinamento por causa da Pandemia do Coronavirus, sai novamente, dessa vez, sem muitos planos ou objetivos, já que a temporada 3 me ensinou que os planos não servem pra nada além de nos dar uma falsa ilusão de segurança.

A quarta temporada será mais focada em textos. Menos fotos e videos (assista a terceira temporada para entender o por que). Porém, creio que será muito mais rica em conteúdo e experiências.

reencontros - s04

Reencontros s04

Uma viagem em busca do eu perdido

2021 – acontecendo

Estão colaborando ou apoiando esta viagem:

 Você também pode ajudar, doando qualquer valor através do botão abaixo ou nos patrocinando com algum serviço ou produto que precisamos constantemente. Entre em contato e saiba mais.

Diário de Bordo

28 de abril de 2021

s04 – Semana 14

Em menos de 7 dias, eu não sou mais quem eu era semana passada. Exceto por algumas coisas… Tudo que eu relatei no último texto, que […]
23 de abril de 2021

s04 – Semana 13

“Oi, bom dia… Eu estou bem, e você?……” Não, mentira, eu não estou bem, mas não sei exatamente o que está acontecendo. Nem ia ter texto […]
15 de abril de 2021

s04 – Semana 12

No domingo da 12ª semana, eu acordei com uma acusação ridícula. Minha sobrinha questionando minha mãe o por que ela me ‘deu’ um dinheiro. Eu não […]
8 de abril de 2021

s04 – Semana 11

Pensamentos e ações práticas por aqui. Só por hoje, como dizem os adictos em tratamento, eu não quero poesia. Tento fazer com que isso se torne […]
2 de abril de 2021

s04 – Semana 10

Sai na sexta feira de Torres. Tive que gastar uma graninha extra com um sedex de documentos pra Ribeirão Preto, para que chegassem antes de mim. […]
26 de março de 2021

s04 – Semana 9

Família não é sangue. Eu aprendi que a gente pode escolher a família que a gente quer. E essa semana começou com escolhas muito importantes. Existe […]