reencontros
uma viagem em busca do eu perdido

Último episódio. Assista os episódios mais antigos no canal. Clique aqui!

Eu e Samanta, minha golden, viajando pelo Brasil, sem hora pra voltar. A segunda temporada de Reencontros* será 5200km (por enquanto), por 6 meses de aventuras, aprendizados e reflexões.

*Reencontros, agora é no plural, por que enquanto a primeira temporada foi para eu reencontrar a mim mesmo, agora eu busco reencontrar momentos mais significativos, e pessoas com quem eu tenho um contrato cármico, e se eu não seguisse meu coração, talvez jamais as encontraria ai pelo mundo…

Assista a primeira temporada, a viagem teste que deu origem a tudo isso, no link abaixo.

reencontro - s01

Reencontros s01

Uma viagem em busca do eu perdido

A viagem teste realizada em 2018, por quase 20 dias.

Ajude a nossa viagem.

Doe qualquer valor via PagSeguro, pra aliviar a tensão e nos ajudar a seguir em frente

redes sociais

Links de referências para anfitriões:

Diário de Bordo

23 de novembro de 2019

Galeria retrospecção – Reencontros 2

Galeria de fotos em resumo da temporada 2 de Reencontros. Março a Novembro de 2019
13 de setembro de 2019

Respeite e considere

Outro dia eu escrevi …já conheci em 4 meses aproximadamente umas 50 pessoas. Dessas, umas 20 são pra valer, estão juntas de mim ainda, mesmo que […]
2 de setembro de 2019

Paradoxos

É curioso como as coisas se desenham ao meu redor. E de repente eu tive um insight que me fez perceber o quão contraditório eu sou. […]
22 de agosto de 2019

Familiar

Eu vivi tanto tempo sozinho, mesmo algumas vezes enamorado, com uma ou outra mulher, eu era sozinho. Acordava sozinho, passava o dia sozinho, algumas noites acompanhado […]
7 de agosto de 2019

111 dias

Amanha faz 111 dias que eu embarquei nessa nova vida, que eu renasci, me reinventei, me descobri, descobri a verdadeira alma por trás de minha antiga […]
1 de agosto de 2019

Formas e encaixes

Somos peças, cada um com suas próprias cores e formas. As vezes até podemos caber num espaço que não nos pertence, mas as vezes, se não nos lapidarmos para mudar nossas formas, não há meditação nem atrito que nos fará encaixar no lugar a que não pertencemos.

Estão colaborando ou apoiando esta viagem: